• Mari - Ballet OnLine

Você sabe se está se colocando em estado de vítima, bailarina adulta?



Você sabe se está se colocando em estado de vítima bailarina adulta? É exatamente sobre isso que vamos falar nesse artigo!


Os tabus que foram colocados de fora para dentro, que sociedade e as pessoas a nossa volta colocaram, são relativamente fáceis de serem quebrados, basta provar. Como por exemplo, os alunos e alunas do Ballet Online que tem mais de 70 anos, que não são magros, etc.


Agora, mudar coisas que vem de dentro para fora, é muito mais difícil, pois temos uma grande tendência a ter um olhar negativo e direcionado apenas para aquilo que perdemos.


Quando verbalizamos algo pessimista sobre nós mesmas, significa que aquilo já está sendo alimentado na nossa mente há muito tempo e são esses pensamentos que nos impedem de termos orgulho da nossa dança.


Então, identifique a frase ou as frases destrutivas que você diz sobre si mesma.


Quando olhamos para essas frases, podemos observar uma carga muito negativa nelas e quando as verbalizamos, podemos nos colocar em estado de vítima.


A vítima é aquela pessoa que está refém de algo, que está em uma posição onde não pode fazer nada e você, bailarina adulta, não precisa ser vítima dessas frases destrutivas.


Então como eu posso me tornar a protagonista e não ser mais vítima? Como posso mudar a maneira que falo de mim mesma?


Primeiramente tenha em mente que tudo aquilo que falamos ou acreditamos, o nosso corpo irá responder a isso.

Então você precisa usar a sua mente ao seu favor e não contra você mesma.


Para fazer isso, se policie e mude a maneira como você fala. Ao invés de dizer "eu não consigo", diga "isso para mim é um desafio", porque a palavra desafio é uma proposta de vencer algo, é não ser vítima.


A partir disso coloque tarefas para que você vença esse desafio. Assim, você irá terminá-lo mais empoderada e com a sensação verdadeira de superação.


Para persistir nesse desafio e conseguir realizar as tarefas, busque referências de bailarinas parecidas com você, que te mostrem que é sim possível realizar aquilo que você deseja.


E por último, coloque uma data para começar, para realizar aquilo que você tanto deseja e para mostrar para si mesma que você é capaz! Pensar e estabelecer o "quando vai ser o começo" é muito importante para que você saia vitoriosa desse desafio.


Então, bora bailarina! Identifique o que te impede, encare como um desafio, pense o que é preciso para mudar isso, decida quando começar e faça, não deixe para depois, a hora de virar o jogo é agora!


Baixe agora mesmo o Ebook gratuito "Ballet Adulto: por onde começar" clicando na imagem.

2 visualizações0 comentário

Ballet OnLine ® - 2017 - Todos os direitos reservados

Receba aulas gratuitas se cadastrando no botão "Lista Vip Gratuita"

  • Canal YouTube
  • Spotify
  • Instagram
  • FanPage