Ballet OnLine ® - 2017 - Todos os direitos reservados

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

Receba aulas gratuitas se cadastrando no botão "Lista Vip Gratuita"

Clube das Cinco

 

Há aproximadamente um ano ouvi falar sobre o tal do "5am club", ou, turma do 5am club - os “high achievers”, o que nada mais é do que um pequeno grupo de pessoas ao redor do mundo que escolhem prolongar o seu tempo de produtividade da manhã acordando mais cedo, mais especificamente as 5 horas da manhã.

 

Achei a teoria e fundamentos interessantes, mas naquele momento, não fez sentido para que eu aplicasse no meu cotidiano. Eu sempre fui noturna, meus horários de maior e melhor produção eram a noite, e isto, desde os meus 17 anos (faz tempo..ahahha). Lembro na época da faculdade, aos 21 anos, fazia faculdade de manhã, trabalhava a tarde no deposito de construção do meu pai, depois ia para academia onde dava aulas até as 21 horas e depois fazia minha aula e ensaios que costumavam acabar por volta das 23:30h. Voltava para casa no "pique total", tomava um banho e, entre uma mordida ou outra em um lanche rápido, estudava até as 2 ou 3 horas da manhã para acordar as 6 horas no dia seguinte. Cansativo?... Aos 20 e poucos anos não era.

 

Hoje aos quase 40 anos, a rotina de trabalho e afazeres de casa não me permitiam ir para a cama antes das 1 da manhã, contudo passei a perceber que a qualidade da minha produtividade havia caído. A noite me sentia cansada e fazendo tudo com pressa para ir logo para a cama e ter minhas 7 horas de sono, até então, sagradas.

 

Tudo estaria aceitável se não fosse a necessidade de mais tempo para mim mesma... sentia falta de tempo para me exercitar mais, para estudar, para meditar e me alimentar adequadamente.

 

Um dia passeando pela internet vi um vídeo de um médico que compartilhava como ele estava tirando os benefícios do Clube das cinco. Mais uma vez, a proposta me parecia interessante, mas impossível para mim que teria que ir para a cama mais cedo obrigatoriamente. Ou não...

 

Passei dias pensando nos relatos daquele médico e decidi. Vou tentar!

 

Pesquisei mais sobre o assunto, qual a fisiologia do sono e benefícios que as novas pesquisas apontavam em dormir menos. Fiz todo o meu planejamento para que o plano tivesse chance de dar certo, sim, "chance" pois eu sabia que se simplesmente colocasse o despertador as 5 horas eu não iria conseguir sair da cama. Precisava de uma leve adaptação. Primeiro baixei um aplicativo que me ajudasse a acordar mais dispostas, respeitando o meu sono profundo - estudos mostram que acordamos melhor quando despertamos no sono leve e não na fase de sono profundo. Perfeito!

Minha adaptação durou 7 dias... aos poucos fui indo para a cama cada vez mais cedo com a meta de estar na cama as 23 horas e acordar um pouco mais cedo a cada dia até chegar a meta de acordar as cinco horas da manhã.

 

Hoje, faz 15 dias que sou do clube das cinco. Vou dormir as 23 horas e acordo as 5 horas, tenho 6 horas de sono "sagradas" e apesar de serem menos horas do que antes me sinto muito mais dispostas e saudável. Consigo produzir até as 23 horas com qualidade e mais rápido do que antes, além de ganhar 3 horas no inicio da manhã onde tenho o período mais produtivo e delicioso do meu dia ao me dedicar para mim mesma.

 

Algumas pessoas relatam que acordar antes do que a maioria das pessoas dá a sensação de estar em "vantagem" saindo na frente, mas para mim é mais que isto, como sempre estou competindo com o melhor de mim mesma, acordar mais cedo me dá a sensação de que já comecei o dia dando o melhor de mim.

 

Das 5 as 8 horas da manhã o silêncio é dominante, o que aumenta o meu poder de concentração e foco na minha rotina matinal - podemos falar mais sobre ela em outro artigo - o que me ajuda a ter mais disposição para o meu dia sem a sensação de que já estou atrasada para os afazeres. Além disto me sobra tempo para as atividades do Ballet OnLine e estudos sobre Ballet, Dança e outras coisas mais.

 

Quando tenho a sensação de ser 11 horas da manhã, o relógio marca 8 horas... impagável, tenho um dia inteiro para o trabalho e todos os afazeres, sendo que já dei prioridade para coisas que realmente eram importantes para mim.

 

A minha produtividade no trabalho aumentou, pois consigo me planejar e priorizar as tarefas importantes diminuindo as tarefas urgentes. Hoje já me sinto mais dona do meu tempo e com a possibilidade de acrescentar uma aula solo de ballet na minha rotina matinal.

 

Já imaginou... antes das 8 horas da manhã o seu corpo já ter recebido exercícios específicos que irão lhe ajudar na rotina de uma Bailarina Adulta? Eu imaginei e já fiz meu planejamento por aqui. Se desejar acompanhar minha rotina, basta procurar pela #5amclubballetonline no instagram  ou facebook que você encontrará as postagens deste novo desafio matinal. Quem sabe, de alguma forma, isto também seja um incentivo para você colocar um pouco mais do que você ama antes do dia começar?!..

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Destacados

Quando usar braços na aula de Ballet Adulto?

15.03.2019

1/7
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procure por Tags