Ballet OnLine ® - 2017 - Todos os direitos reservados

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

Receba aulas gratuitas se cadastrando no botão "Lista Vip Gratuita"

Perdi o alongamento

 

Você faz alongamentos e está achando que não está melhorando, ou pior, está regredindo? Neste artigo o assunto tratado será esse, entenderemos sobre como a nossa musculatura funciona diante dos exercícios de alongamento, o porquê temos essa sensação de regressão e como devemos agir para que não se tenha mais essa sensação.

 

No alongamento, quando expomos determinada musculatura a um stress para promover um alongamento, na verdade estamos oferecendo micro lesões para ela. Por exemplo, tenho a musculatura do braço e preciso ganhar alongamento dessa articulação, então realizo um movimento para alongar a musculatura do braço para que a articulação do cotovelo vá num limite articular que seja viável. Quando realizo esse movimento para alongar essa musculatura, estou oferecendo micro lesões para ela, e com isso ela irá perceber que aquele tamanho que ela está, não está mais atendendo as minhas necessidades, então ela começa a ganhar sarcômeros, que são conjuntos de células que temos na musculatura, e o músculo começa a aumentar em tamanho, o que é diferente de quando realizamos exercícios de carga, que aumenta o músculo em volume. 

 

Acontece que se eu ofereço para essa musculatura, todos os dias, o mesmo tipo de stress, todos os dias ela terá micro lesões na região e chegará um momento em que a musculatura ficará um pouco mais tensa, mais contraída e assim, ela não cederá mais. É a mesma coisa quando fazemos exercícios muito pesados, a musculatura começa a reclamar, e sendo assim, ela fica tensa e por isso sentimos que ela fica dura, dolorida. Isso acontece porque, tanto em exercícios mais pesados, quanto em alongamento, ela cria certo tônus, certa contração o tempo todo, ou seja, ela não relaxa e o alongamento não vem. É nesse momento que vem a sensação de regressão.

 

Quando isso acontece é necessário esquecer essa musculatura, deixar ela descansar e se recuperar. Uma coisa bacana para se fazer pós exercícios de alongamento, é a auto massagem, na qual se pode usar bolinhas e várias outras coisas. A auto massagem relaxará, aumentará a circulação sanguínea da região e consequentemente, fará com que as toxinas se dissipem mais rapidamente, fazendo com que o músculo se regenere. 

 

 

Resumindo, para se ter o treino ideal de alongamento é necessário consultar o seu fisioterapeuta, seu educador físico, quem quer que esteja passando os exercícios para você. Caso você acompanhe os exercícios pelo canal do Ballet OnLine, aqui vai as orientações: treine um grupo muscular hoje, amanhã treine outro, não repita os mesmos exercícios todos os dias. Por exemplo, se hoje você treinou musculatura de braço, amanhã você não vai mexer com o braço novamente, irá para as pernas. Caso esteja fazendo o treino de espacate, não o realize todos os dias, intercale com os exercícios de abertura de segunda. Sempre intercale a região que está sendo alongada, pois um dia é suficiente para relaxar a musculatura, então o exercício pode ser repetido após esse período. 

 

Dessa maneira, quando vier a sensação de que o alongamento foi perdido, ou que você regrediu, entenda que isso não aconteceu, e que você só precisa deixar a musculatura relaxar para que ela volte a responder da maneira esperada!

 

 Baixe agora mesmo o Ebook gratuito "Zere a Abertura com apenas 5 minutos por dia" clicando na imagem.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Destacados

Quando usar braços na aula de Ballet Adulto?

15.03.2019

1/7
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procure por Tags