Ballet OnLine ® - 2017 - Todos os direitos reservados

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

Receba aulas gratuitas se cadastrando no botão "Lista Vip Gratuita"

Como se preparar para apresentações de Ballet - Parte 1

 

Quando falamos sobre se sair bem em apresentações, todo mundo fica preocupado, porque quer realmente colocar todo o seu desempenho no palco, e tem medo de não conseguir alcançar isso. E neste artigo teremos as primeiras dicas sobre como se preparar para essas apresentações.

 

O primeiro conceito para se ter uma apresentação de sucesso, sair do palco realizada com a sensação de que deu o melhor, é fazer aulas de qualidade. Não adianta acharmos que uma falta 15 dias antes da apresentação não trará problemas, porque o nosso corpo que é a nossa ferramenta de trabalho, precisa de um preparo e só é possível obter uma boa preparação em aula de boa qualidade. Ou seja, faltar em véspera de apresentação é um crime contra você mesma, e infelizmente é muito comum acontecer em todas as escolas. É claro que imprevistos realmente acontecem, especialmente na vida adulta, mas quando isso acontecer, converse com a sua professora, veja qual o dia que você poderá repôr aquela aula que perdeu, principalmente se estiver em vésperas de espetáculo, faltando 2 meses, 1 mês, 15 dias.

 

Quando falamos sobre aula de boa qualidade, queremos dizer que não adianta fazer a aula que você se propôs a fazer, de qualquer maneira. O mais importante é ter a consciência de que a partir do momento em que me coloco dentro da sala para realizar a aula, eu preciso confiar no professor que irá ministrá-la e obedecer de A a Z. Agora, se você tem um professor fixo, já está com ele há algum tempo, você vai pra aula, faz tudo o que é pedido e se dedica, cabe outra reflexão: o quanto você realmente está fazendo a aula? O quanto você está fazendo um tendu puxando a patela pra cima, o quanto você afunda o plié abrindo o joelhos, enfim, o quanto você está dando o máximo do seu potencial físico e muscular naquela aula. Isso é uma aula de boa qualidade.

 

Sendo assim, é necessário avaliar se você está fazendo a aula com alguém que realmente confia, se você está dando o melhor de si e não está faltando nas aulas. Então, você está cumprindo essa primeira regra, teremos a próxima.

 

A segunda regra diz sobre a importância dos ensaios. É muito comum as bailarinas chegarem nas vésperas da apresentação e não terem a coreografia decorada, e isso também é um crime! É necessário tomar muito cuidado com isso. 

 

Uma ideia legal a ser considerada, é a realização de um "intensivo" para decorar a coreografia, caso você tenha dificuldades com isso, e quanto antes fizer isso, melhor. Não existe outra saída para decorar a não ser ensaiando, mesmo que cada pessoa tenha um jeito diferente, por exemplo, tem gente que consegue memorizar vendo vídeos dos ensaios, outras falando os passos da coreografia, outras ouvindo a música e passando a coreografia na mente, enfim, o importante é decorar, a maneira como isso será realizado, não importa. Muitos trabalham com o ensaio individual, no qual a pessoa vai para a sala de aula, ou em um cômodo da casa, sozinha e passa a coreografia várias vezes até conseguir memorizar, assiste a vídeos etc. Outra maneira legal e eficiente é decorar mentalmente, por exemplo, você está tomando banho e passando a coreografia na cabeça.

 

 

Agora, realmente entrando no assunto sobre ensaios. É muito importante que você passe por um processo de limpeza neles e é nesse momento que as dúvidas surgem. Essas dúvidas podem parecer mínimas, mas ao juntar todas as bailarinas no palco, cada uma com a sua dúvida, a coreografia vira uma "sujeira", justamente por causa dos mínimos detalhes.

 

Os ensaios são como aquele jantar preparado para a visita, no qual você treinou antes para fazer o prato, caso fosse algo especial que você nunca tivesse feito antes. Sim, os ensaios são exatamente isso, servem para testarmos, para descobrir qual o limite do nosso corpo, a interação com as demais pessoas do elenco.

 

Sendo assim, entendemos que ensaio é fundamental, e se você começa a faltar neles em véspera de apresentação, não vai dar certo, porque você faz no palco aquilo que você faz nas aulas e neles. Então cuide deles, pois são sagrados, e caso imprevistos aconteçam, também tente repôr esse ensaio com alguém, mesmo que seja só com mais uma pessoa. A partir do momento que queremos uma coisa, temos a consciência da importância dos mesmos, evitamos faltar e damos um jeitinho caso isso aconteça.

 

Então, essas foram as duas primeiras dicas para arrasar no palco. Ainda temos mais 5, que virão nos próximos artigos!!!

 

 

Baixe agora mesmo o Ebook gratuito "Roupas para aula de Ballet Adulto" clicando na imagem.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Destacados

Quando usar braços na aula de Ballet Adulto?

15.03.2019

1/7
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procure por Tags