Ballet OnLine ® - 2017 - Todos os direitos reservados

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

Receba aulas gratuitas se cadastrando no botão "Lista Vip Gratuita"

Meninos no Ballet Clássico - Verdades e Mentiras

 

Meninos no Ballet é um assunto bem polêmico, no qual surgem muitas dúvidas, e este artigo trará respostas para elas.

 

A primeira das dúvidas é se e o Ballet faz o garoto ficar afeminado, e a resposta é: não, de maneira nenhuma. No Ballet existem sim os movimentos mais suaves, que inclusive é um problema para os meninos, pois eles não podem ter esses movimentos leves de braço, considerando que isso é direcionado para as meninas. Às vezes temos esse pensamento sobre o Ballet deixar o garoto afeminado, mas a verdade é que é totalmente o contrário, porque as meninas precisam desenvolver movimentos suaves, já os meninos precisam de movimentos precisos, que são coisas diferentes. Então, por vermos muito mais bailarinas, a dança delas e os movimentos mais suaves, acabamos achando que os bailarinos dançam iguais a elas, e na verdade é bem diferente. Poderia até existir o Ballet feminino e masculino, que até facilitaria o entendimento das pessoas de que homem pode fazer Ballet, sim. 

 

Considerando tudo isso, definitivamente o menino não ficará afeminado por fazer Ballet. Basta ele fazer da maneira que garotos devem fazer nessa modalidade de dança, ou seja, precisão de movimentos.

 

A segunda pergunta é sobre se todo bailarino é gay, e a resposta é não. Podemos encontrar sim bailarinos héteros, casados, com filhos, enfim, com a vida feita. Acreditamos que existem muitos bailarinos gays e é por isso que acabamos generalizando, isto é, passamos a acreditar que todo menino que faz Ballet vai virar gay um dia e bom, não é bem por aí, é necessário mudar a maneira de pensar.

 

Ainda nessa dúvida, cabe um outro questionamento: "e se for? O que temos a ver com isso?" Acabamos rotulando muito as coisas e pessoas, e isso só tumultua a vida. Vale a pena olharmos o bailarino(a), o que realmente importa é como ele(a) dança, e o que ele faz depois do Ballet cabe somente a ele. 

 

Às vezes você tem um filho que quer entrar para o Ballet e por isso surge essa dúvida. Entenda que é uma modalidade de dança, e se você olhar com preconceito, o seu filho também verá da mesma maneira, e sendo assim, em um determinado momento ele vai sentir a necessidade de tomar uma decisão, sendo que é algo que não precisa de decisão.

 

Se for pela linha de pensamento sobre o Ballet deixar o garoto mais afeminado, por exemplo, o Hip Hop que possui movimentos mais precisos, seria só para meninos, pois deixariam a menina mais parecida com homem, o que não faz sentido, afinal, vemos muitas meninas dançando Hip Hop, então por que meninos não podem fazer Ballet? Precisamos parar com esse pensamento preconceituoso, precisamos enxergar as modalidades de dança como elas realmente são. Existe o Hip Hop com suas ideologias que explicam o porquê da expressão corporal através de movimentos precisos, assim como o Ballet, que também possui suas ideologias que explicam os gestos e a maneira como eles devem ser executados. Por isso, enxergue como uma modalidade de dança, porque fica muito mais fácil.

 

 

Outra dúvida é sobre quais são os cuidados com o corpo, porque o corpo do homem é diferente do da mulher, etc. Na verdade, não há muita diferença, afinal, os dois têm braços, pernas, cabeça, utilizarão o mesmo tipo de movimentação, enfim. O que realmente difere é que o homem, normalmente, tem uma estrutura muscular que fará com que ele tenha potência para desenvolver mais força, pois a musculatura do homem tem uma genética diferente da musculatura da mulher, que faz com que ela desenvolva mais capacidade de força, enquanto a mulher tem a genética que puxa mais para a flexibilidade. Sendo assim, são dois corpos iguais com possibilidades diferentes.

 

O homem terá sim mais dificuldade na questão do alongamento, mas isso é só trabalhar para ganhar flexibilidade, fazendo exercícios em casa. Assim como para a mulher a dificuldade está na força, e por isso ela trabalhará exercícios nos pés para ganhar essa força, para subir na ponta, etc. Portanto, a questão não é adaptar o Ballet - afinal, quando surgiu, os homens é quem faziam, as mulheres começaram só depois -, e sim parar para pensar antes de dizermos que o Ballet foi feito para mulher e que o corpo do homem não foi feito para isso. Isso realmente não existe, o nosso corpo foi feito para fazer tudo, nós adaptamos ele da maneira que quisermos.

 

Então, se você é menino e não entrou no Ballet ainda, porque ouviu falar sobre todas essas coisas, e que vai ser difícil para você, entenda que vai ser difícil para você, assim como é para qualquer um, Ballet não é fácil não, porém, não deixe isso te bloquear para procurar uma escola de Ballet.

 

Dessa maneira, se você tem essa vontade, vá fazer, porque não tem nada nessa vida que valha a pena deixar de fazer por conta dos outros. Vá atrás mesmo, conheça uma aula, se não quiser contar para ninguém, não conte, mas realmente descubra esse mundo novo, porque não existe nenhuma outra atividade física parecida com o Ballet, ele é totalmente diferente de tudo o que você já viu. Descubra primeiro se você realmente gosta daquilo, afinal, não tem como saber se nunca fez. Com o tempo, algumas coisas podem mudar, você pode pensar "realmente não é isso que eu quero, vou conhecer outras modalidades", assim como pode ser que você diga "é isso! Vou gritar para o mundo inteiro que amo o Ballet Clássico, e ponto final", e assim, você descobrirá uma outra força em você. Por isso, vá e faça, ninguém tem nada a ver com isso.

 

A última pergunta se refere às possibilidades, se os meninos possuem mais do que as meninas, e a resposta é sim, muito mais. Isso porque os meninos no Ballet são minoria, de 30 pessoas que fazem Ballet, uma é homem, por exemplo. Então, se compararmos, teremos 29 meninas para um menino, o que com certeza trará mais possibilidades para ele. Quando dançamos Pas de Deux no Ballet, infelizmente ainda não está adaptado para o mundo de hoje, precisa ser realmente um homem e uma mulher, mas quem sabe isso mude um dia. E essa questão é engraçada, porque se pararmos para pensar, para fazer um Pas de Deux, seria 50% homem e 50% mulher, e na realidade temos 29 ofertas de mulher, e 1 homem, por isso há mais possibilidades para eles.

 

A grande maioria das escolas oferecem bolsas para homens que querem fazer Ballet, por isso eles raramente precisam pagar para fazer, mas o mundo deles não é mais "colorido" e mais fácil por conta disso.

 

Portando, se você é menino, está lendo este artigo e tem a vontade de fazer Ballet, você precisa ir atrás disso, precisa fazer algo nesse sentido. Temos apenas uma vida e não vale a pena viver tentando agradar as outras pessoas e negando agradar a nós mesmos, porque andam falando por aí. As pessoas realmente falarão de tudo e qualquer coisa, mas entenda que o que realmente importa é você estar em paz com você mesmo, afinal, se o mundo estivesse em paz cada um consigo mesmo, não veríamos tanta barbaridade que acontecem por aí. 

 

Faça isso pelo mundo, faça isso por você!

 

Baixe agora mesmo o Ebook gratuito "Ballet Adulto: por onde começar" clicando na imagem.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Destacados

Quando usar braços na aula de Ballet Adulto?

15.03.2019

1/7
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procure por Tags