Ballet OnLine ® - 2017 - Todos os direitos reservados

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

Receba aulas gratuitas se cadastrando no botão "Lista Vip Gratuita"

Como deixar a aula de Ballet Adulto mais agradável

 

Atividades lúdicas para Ballet Adulto? Sim, é possível, e muito bacana!!! 

 

Atividades lúdicas no Ballet geralmente são muito utilizadas com crianças, como por exemplo o uso de bambolês para aprender alguns passos, criação de histórias, etc. Porém, muitas pessoas acreditam que para o adulto não é possível utilizar essas atividades lúdicas, e isso não é verdade, porque na realidade, quanto mais lúdico for o trabalho, principalmente no uso de braços, mais fácil fica, ou seja, adulto pode imaginar o que ele quiser desde que aquilo facilite o entendimento dele. Isso deixa a aula muito mais leve e divertida. Por esse motivo, neste artigo você, professor, encontrará três ferramentas lúdicas para trabalhar em suas aulas de Ballet Adulto.

 

A primeira delas é uma brincadeira muito bacana, que primeiramente você pedirá para eles se juntarem em duplas e assim, irá propor que uma seja o espelho da outra, coloque uma música de adágio e comece propondo a movimentação de braço, cabeça, enfim, e a bailarina que está sendo espelho, deve imitar a outra. Durante essa dinâmica acontecerá o desenvolvimento de atenção, pois quem está copiando precisará prestar atenção em qual é o movimento, ao mesmo tempo que ela está fazendo, por onde ele vem, se o braço veio por dentro ou por fora, por exemplo, a velocidade, onde o movimento acaba, etc. Você também pode acrescentar perna na sequência para a dificuldade aumentar, enfim. Fazendo isso, uma bailarina irá desenvolver o adágio e a outra copia e depois troca. 

 

Nessa dinâmica, você perceberá que elas começarão a rir, se divertir, e pode deixar isso acontecer, porque o foco não é o movimento sair perfeito, e sim outras coisas e entre elas estão: interação entre os alunos, lembrando sempre que a bailarina adulta começa a fazer Ballet pelo sonho que ela tem, continua porque tem um objetivo, mas depois do objetivo ela continua fazendo, porque tem um envolvimento, que pode ser com os alunos, o professor ou até mesmo com o próprio Ballet, em casos de níveis que a bailarina chega, faz com que ela sinta o próprio corpo e perceba o quanto aquilo é importante para ela. E não se esqueça de sempre no final da atividade, explicar o porquê você deu aquilo. 

 

 

Uma segunda atividade lúdica que pode ser feita nas aulas de Ballet, é para aqueles momentos que você percebe que um aluno está mais quietinho, é mais tímido, sempre fica no fundo (inclusive você, aluno que está lendo este artigo, saiba que os professores sempre olham mais o fundo, então se quer se esconder, venha para frente, pois o professor não olhará tanto, pois geralmente quem se coloca na frente, geralmente já tem um domínio maior) e você quer trazer ele, envolver mais para ele perder um pouco a timidez. A brincadeira é a do braço do Quatre do Lago dos Cisnes, na qual você montará uma sequência simples na diagonal com a mão na cintura, e depois disso mandará a turma se juntar em grupos de 4 pessoas. É claro que os amigos vão se juntar e você perceberá que aquela pessoa mais tímida se juntará a quem ela é mais próxima, e assim, você inverterá as pessoas dos grupos. Depois disso, você falará para eles darem as mãos, explicando a maneira que isso deve ser feito, e aí sim dirá que é igual à sequência do Quatre do Lago.

 

Quando elas tentarem fazer a sequência que foi passada, você verá que irão errar, pisar uma no pé da outra, tropeçar, enfim, uma bagunça, e é exatamente isso que queremos, porque mais uma vez, a importância não está no passo sair correto, na verdade quanto mais erro, melhor, pois assim elas irão conversar entre elas, interagir, pedir desculpas e isso fará com que elas se conheçam melhor para criar um grupo mais harmônico. Depois da atividade, também explique o motivo daquilo ter sido feito. Brincadeiras como essa desenvolverão um ambiente um pouco mais relaxado na sua aula se Ballet Adulto.

 

A terceira atividade lúdica também serve para alunos tímidos, porque o problema dele está no fato de que ele funciona certinho enquanto ele está acertando, mas quando erra, ele trava, e sabemos que no Ballet a maior a parte são erros. Isso acontece com o aluno tímido, porque ele não quer ser visto, e sabe que quando ele erra, o professor irá corrigir. Uma maneira de trabalharmos isso é dando a liberdade para ele criar, pois quando somos criativos, somos menos tímidos, porque queremos expor aquilo que criamos.

 

Então, você pode propor que a turma se separe em três grupos, pode deixar que eles fiquem entre amigos mesmo, cada um dos grupos montará uma sequência de dois oitos, porém, com algumas regras: todas as pessoas do grupo deverão criar a mesma quantidade de passos, porque a bailarina ou o bailarino tímido se colocaria na posição apenas de copiar se não existisse essa regra e a segunda regra é que ninguém pode questionar o passo do outro, pois assim o tímido ficará mais tranquilo, porque ninguém poderá julgá-lo. Depois que as sequências estiverem montadas, pergunte qual foi o passo que cada um sugeriu, e após isso peça para todos os grupos passarem as sequências, e fazendo isso você obrigará o aluno tímido a ensinar outras pessoas, o que irá resgatar ele do mundinho da timidez, de nunca participar. Isso mostrará que ele também pode participar ativamente das coisas, além de desenvolver criatividade e auto-confiança. E ainda é muito divertido, faz com que eles interajam, o que tira a aula do monótono, cria-se um ambiente muito agradável.

 

Essas são as três ferramentas que podem estar sendo utilizadas de forma lúdica nas suas aulas. É muito bem vindo e com certeza criará um outro clima nas suas aulas de Ballet Adulto.

 

Baixe agora mesmo o Ebook gratuito "As sete Etapas da Bailarina Adulta" clicando na imagem.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Destacados

Quando usar braços na aula de Ballet Adulto?

15.03.2019

1/7
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procure por Tags