Ballet OnLine ® - 2017 - Todos os direitos reservados

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

Receba aulas gratuitas se cadastrando no botão "Lista Vip Gratuita"

Como abrir uma Escola de Dança?

 

A primeira coisa que precisamos dizer sobre abrir uma escola de dança, é que se você realmente tem esse desejo no coração é necessário se perguntar o porquê disso e saber que existem algumas fases que antecedem a abertura da escola. Porém, agora vamos direto ao ponto.

 

Primeiramente, é necessário ir a um SEBRAE, que pode ser encontrado na maioria das cidades. Para abrir uma escola de dança não precisa nem saber dançar, tornar-se professor que é outra história. Chegando no SEBRAE, você dirá sobre o seu interesse e eles te passarão um roteiro sobre tudo o que deve ser construído, um plano de negócios, enfim, pode-se dizer que é uma apostila. Você responderá algumas perguntas que deixará mais claro se é viável empreender mesmo, pois a escola é um empreendimento, não se restringe apenas no desejo de dar aula. 

 

Após ir ao SEBRAE, será necessário procurar um contador para se informar sobre quais são os impostos que você precisará pagar, e só depois disso você pensará no valor da sua mensalidade. Então, antes de ficar idealizando um valor de mensalidade baixo, procure saber quanto é necessário pagar para estar com a escola aberta, é preciso ter essa clareza. A mensalidade não tem relação apenas com a qualidade da aula, mas também com o quanto você paga de imposto, pense sobre isso.

 

 

O terceiro passo para abrir uma escola de dança é achar alguém que administre, pois normalmente quem quer abrir a escola são pessoas envolvidas com dança que ao ver pessoas com talento, mas que não têm condições de pagar, acabam dizendo que elas podem frequentar a escola sem pagar mesmo para investir no sonho dela e por isso, se não temos quem cuide da administração, bolsas de estudo serão dadas para todo mundo e passará a agir com uma ONG sem ter a verba necessária para isso e assim, a escola irá afundar levando todos os bailarinos junto. 

 

É muito bonito pensar em missão de vida, em levar a dança, ensinar o que aprendeu, ajudar as pessoas por acreditar que a dança transforma, mas é preciso ter o pé no chão e ter consciência da realidade, pois não adianta ficar construindo um castelo cor de rosa achando que vai ser tudo perfeito. Tem que ir atrás para saber sobre todos os processos burocráticos para abrir uma escola e assim, prosseguir com a abertura, que não é difícil, o difícil mesmo é mantê-la. 

 

Vale a pena pensar um pouco antes, definir se você realmente quer empreender em uma escola ou se você quer apenas dar aula para poder tomar a decisão de forma que você seja um exemplo. Pense com carinho nesse assunto, pois depois de vencer esses três passos chatos, você lidará com a parte gostosa que é poder fazer tudo do seu jeito, poder construir o espetáculo que quiser, conduzir um grupo de alunos do jeito que imagina, contratar professores que tenham uma linha de raciocínio parecida com a sua ou totalmente contrária, mas que vocês convivam bem e façam com que a escola cresça, enfim. Podemos falar das partes boas depois, mas primeiramente é necessário vencer as três etapas chatas, mas importantes que irão realmente definir se você tem perfil para ter uma escola de dança ou não. Não faça com que os seus sonhos virem um pesadelo, aprenda a lidar com as características empreendedoras.

 

Baixe agora mesmo o Ebook gratuito "Ballet Adulto: por onde começar" clicando na imagem.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Destacados

Quando usar braços na aula de Ballet Adulto?

15.03.2019

1/7
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procure por Tags