Ballet OnLine ® - 2017 - Todos os direitos reservados

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

Receba aulas gratuitas se cadastrando no botão "Lista Vip Gratuita"

O porquê de não copiar oitos!

 

A dica de hoje é mais voltada para professores que estão começando e de repente se encontram em um período menos criativo e por isso começam a buscar inspiração para montar aulas e coreografias em outros professores. Não tem nada de errado nisso, afinal isso que faz o nosso trabalho crescer, buscar inspiração em pessoas que admiramos, porém existe uma grande diferença entre buscar inspiração e copiar oitos! Copiar oitos é um suicídio para quem faz isso, porque um dia a verdade vem à tona. 

 

Mas o que é copiar oitos? É quando você vê um vídeo na internet, uma sequência de aula por exemplo e dá exatamente a mesma sequência na sua aula. Você só não estará copiando oitos, caso você faça a referência de quem é aquela sequência, ou seja, não há problema em fazer isso, porque você estará dando os créditos para quem criou aquilo. Agora, quando você copia a sequência e deixa sugestivo que foi você quem a criou, é considerado cópia, o que é muito feio, porque é a mesma coisa que alguém pintar um quadro, você copiar e dizer que foi você quem criou aquela arte. Inicialmente, as pessoas podem até acreditar, mas depois a verdade é revelada.

 

Copiar oitos sem dar a referência é, de certa maneira, tentar roubar o trabalho de outra pessoa (isso é muito pesado). Temos que tomar cuidado com isso, porque uma hora as coisas vão ser esclarecidas. Mesmo que seja apenas parte da sequência ou coreografia, caso você copie, dê a referência, pois se foi outro professor que montou, o trabalho é dele, peça autorização e diga para os seus alunos de quem é aquela sequência, deixe claro que não foi você quem montou. Não tem coisa mais bonita do que fazer isso, é muito melhor do que sair por aí copiando oitos achando que a dança é assim, pois não é! 

 

 

Em qualquer faculdade temos aula de ética e é muito discutido sobre o que é ético e o que não é, mas infelizmente, no mundo da dança, não é todo mundo que tem formação no ensino superior para ter contato com esse tipo de aula e por isso, alguns acabam copiando oitos de maneira ingênua, sem saber que isso é imoral, anti ético.

 

Então, fica a dica para você que leu este artigo: copiar oitos é muito mal visto no mundo da dança, portanto não ensine seus alunos a fazerem isso. Essa mudança de mindset profissional deve acontecer em sala de aula, professores têm a responsabilidade de ensinar seus alunos sobre isso, pois eles serão os professores do futuro e para ensiná-los, você deve ser exemplo!

 

O assunto deste artigo é um pouco polêmico, mas importante, pois quando começarmos a trabalhar nossa criatividade de verdade e não ficar copiando oitos, o nosso profissionalismo será muito maior, entregaremos um trabalho muito melhor e diferenciado. Trabalhar a criatividade não é fácil, mas é um investimento feito na sua carreira profissional, então pense nisso quando começar a olhar oito de outras pessoas, pense que irá te inspirar, ou seja, você não irá copiar. Realmente pense nisso, porque com certeza irá te fazer crescer em sua carreira!

 

Baixe agora mesmo o Ebook gratuito "Ballet Adulto: por onde começar" clicando na imagem.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Destacados

Quando usar braços na aula de Ballet Adulto?

15.03.2019

1/7
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procure por Tags