Ballet OnLine ® - 2017 - Todos os direitos reservados

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

Receba aulas gratuitas se cadastrando no botão "Lista Vip Gratuita"

Bailarina(o) com dor na sola dos pés pode ser.... Fascite Plantar

 

Um assunto que Bailarinas e Bailarinos não gostam muito..rs..

Mas ATENÇÃO... conhecer as principais lesões que podem acontecer com você pode te deixar mais preparada(o) para percebe-las previamente e até mesmo preveni-las...

 

Então vamos lá... hoje falaremos, de maneira simples e clara, sobre a dolorida "Fascite Plantar"

 

MAS CUIDADO... NADA DE HIPOCONDRIA...kkkk... Algumas bailarinas e bailarinos tem a triste mania de ignorar os sinais físicos do próprio corpo e outros a mania de acreditar que tem todas as lesões do mundo... cuidado! Tenha bom senso e sempre consulte um médico antes de ficar se autodiagnosticando.

 

ENTENDA A FASCITE PLANTAR:

 

O que é: Inflamação de uma faixa espessa de tecido que liga o osso do calcanhar aos dedos.

 

Sintomas: dor aguda na sola do pé, sendo que a dor pode ser pior na parte da manhã, além de em alguns casos apresentar rigidez ou sensibilidade aumentada na região.

 

Tratamento: Compressa fria (gelo) para diminuir a inflamação, anti-inflamatório, alongamento, fisioterapia, tala e órtese - o médico irá indicar o melhor tratamento.

 

 

 

 

(Fonte: Hospital Israelita A. Einstein e outros)

 

O QUE ISTO SIGNIFICA PARA O BALLET:

 

O uso excessivo da musculatura plantar, inevitável no Ballet afinal esticamos os pés o tempo todo, pode causar um "stress" na musculatura e provocando a inflamação na fáscia - uma membrana fina que envolve o músculo - ocasionando a fascite plantar.

 

No inicio a bailarina(o) irá sentir um desconforto na sola dos pés e um pouco de dor ao final das aulas, com o tempo a dor vai se agravando e pode até tornar-se insuportável impedindo a bailarina de fazer meia-ponta.

 

Neste momento, é claro, a bailarina(o) deve procurar um médico.

 

É muito comum os médicos pedirem repouso, no caso de bailarinas(os) principalmente. Este repouso deve ser respeitado e associado com crioterapia (gelo), além de claro, iniciar a fisioterapia o quanto antes.

 

Mas existem alguns cuidados que podemos ter para cuidar dos nossos pés e prevenir esta lesão. Contudo, estes cuidados são absolutamente preventivos... se você já estiver com dor, procure um médico.

 

Para quem ainda tem tempo para cuidar da ferramenta preciosa do seu trabalho, vamos lá!

 

PREVENÇÃO NO BALLET

 

1º Pés Fortes - ter pés fortes, ou seja, com musculatura forte para dar conta das aulas e ensaios é o primeiro passo para evitar estas lesões. Para fortalecer os pés temos as próprias aulas de Ballet e exercícios extras que você pode praticar em casa, para ter acesso a estes exercícios basta clicar abaixo.

 

Exercícios de Fortalecimento para os Pés

 

2º Pés Alongados - sim, alongamento para os pés... é fundamental para evitar lesões. São exercícios simples e que é possível fazer em casa também, para ter acesso a estes exercícios basta clicar abaixo.

 

Exercícios de Alongamento para os Pés  

 

3º Liberação Miofacial - Parece complicado, mas é muito simples e pode ser que você até já faça isto e não saiba..rs.. sempre antes e depois das aulas e ensaios, crie o hábito de "massagear" os pés com bolinhas.. sim, aquelas bolinhas de "tênis" além de ser uma delicia.. é uma ótima maneira de estimular a liberação da membrana que envolve o músculo (fáscia) isto aumentará a vascularização na região e antes da aula irá ajudar como um aquecimento, preparando o músculo para a atividade e apos a aula ajudará na recuperação dos músculos plantares.

 

 

 

4º Reparação Muscular - Você já reparou que atletas de alta performance, por exemplo jogador de futebol, costumam usar gelo após suas atividades? Eles chegam a entrar em banheiras de água gelada com gelo para reparar os músculos lesados. A verdade é que toda atividade física, desde uma simples caminhada até uma aula de Ballet avançado ocorrem pequenas lesões musculares naturais e reparar estas micro-lesões pode ajudar o seu corpo "durar" mais tempo para as atividade de alta performance... muitas coisas podem ser feitas para isto, mas pensando em algo simples e fácil o gelo é uma ótima forma de reparação.. então sempre apos as suas aulas, uma compressa de gelo na sola dos pés por 20 minutos irá lhe ajudar a ficar longe da fascite plantar.

 

Um outra maneira de fazer a reparação muscular é associar com a liberação miofacial, conforme a imagem abaixo. Uma garrafinha de água congelada que você usa para deslizar a sola dos pés.

Contudo, vale lembrar que desta forma você atua na reparação muscular apenas dos plantares e não dos outros músculos dos pés, visto que não é todo o pé que esta em contato com o gelo.

 

 

 

 

Agora se você gostou, compartilhe este Artigo, curta nossa FanPage, Canal do YouTube, Acesse nosso site e se inscreva na LISTA VIP para ter acesso a conteúdos que realmente podem te levar a um outro nível de dança.

 

 

"Cuide do seu corpo...

você só tem um e não vai achar outro para comprar na farmácia."

(Mari - BalletOnLine/Fisioterapeuta)

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Destacados

Quando usar braços na aula de Ballet Adulto?

15.03.2019

1/7
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procure por Tags