• Mari - Ballet OnLine

Este é o principal motivo que te impede de se sentir uma Bailarina Adulta de Verdade



Qual será esse fenômeno? O que impede muitas mulheres de não se sentirem bailarinas adultas de verdade? É sobre isso que falaremos neste artigo!


Trabalho com Ballet Adulto desde de 2010 e também sou uma Bailarina Adulta que já passou por diversas situações, então, acredite, eu realmente conheço as dores das bailarinas adultas e tem uma "coisa" que acontece muito no meio do Ballet Adulto, principalmente quando somos mais iniciantes, que é a nossa relação: expectativa x realidade.


Nós criamos tanta expectativa, que acabamos, muitas vezes, depreciando muito a nossa realidade e esse é sem dúvidas o principal motivo, que faz a gente se olhar no espelho e nos questionarmos se somos realmente bailarinas. Isso não é incomum, pelo contrário, é muito comum.


O que mais vemos nas redes sociais são as pessoas, perfis de bailarinas adultas, que não tem nenhuma vergonha de falar que são bailarinas e nós que estamos iniciamos nossa jornada, olhamos isso e nos sentimos como? Praticamente um E.T, porque se "todo mundo" tem orgulho de falar que faz ballet e eu não tenho, claro que vou me sentir como um E.T, "um peixe fora d'água".


Então o que primeiramente precisamos entender, ter clareza, é que não é a maioria das pessoas que tem coragem de se mostrar pro mundo como bailarina depois de adulta, pelo contrário, é a minoria das pessoas. Quando temos essa clareza, sabemos que não estamos sozinhas e assim, não nos sentimos mais um extraterrestre.


Agora sim, virá o pensamento do que precisamos fazer para transformar essa maneira como estamos vendo e lidando com as coisas, para realmente nos tornarmos Bailarinas Adultas seguras, graciosas e com orgulho da nossa dança, ao ponto de postar nas redes sociais, de contar para as pessoas que fazemos ballet, etc.


Para "chegarmos lá", pensaremos em um determinado ponto:


O que você pensa quando se imagina se tornando uma Bailarina Adulta?


Muitas pessoas criam uma expectativa de bailarinas profissionais, porque quando buscamos referências de ballet adulto, acabamos encontrando essas bailarinas profissionais, que são as adultas. Olhamos o biotipo delas, "magérrima", alta, colo de pé perfeito, muita flexibilidade, aquela carinha de boneca e pensamos: "É impossível me tornar uma bailarina assim". Então o primeiro passo a ser dado é alinhar a nossas expectativas com a realidade.


Existem as bailarinas profissionais? Sim, porque elas fizeram do ballet como profissão, onde a companhia em que elas se encontram, exige esse biotipo, flexibilidade e etc. Quando começamos ballet depois de adulta, nós não estamos fazendo para entrar em uma companhia, para nos tornarmos bailarinas profissionais porque não dá mais tempo para isso, porém, isso não significa que nós não podemos fazer ballet.


Quando trazemos essa expectativa para realidade percebemos que não vamos deixar nossa profissão, casa, marido, filhos, a vida que construímos, por conta disso, porque normalmente, bailarinas adultas não tem esse sonho de "largar tudo" e construir essa carreira profissional de bailarina, dançar mundo a fora e etc. Bailarinas Adultas querem apenas vivenciar o ballet, claro, dançando em teatro, até mesmo ir para competições, mas não ter uma vida totalmente voltada para isso, porque existem outras coisas que construíram com adultas que não querem perder.


"Ah ok Mari, entendi que existem essas bailarinas profissionais, mas quem serão as minhas referências para o Ballet Adulto então?"


Precisamos buscar pessoas parecidas conosco como referência, porque é isso que nos move, que nos faz acreditar que é possível e não naquelas pessoas que estão muito longe da nossa realidade e com aquilo que queremos.


Para conseguir alinhar a nossa expectativa com a nossa realidade é reavaliar quem tem sido nossas referências, em que temos nos "alimentado", pois existem sim, bailarinas que não tem o biotipo de bailarinas profissionais, que não tem "15 anos", que começaram Ballet depois de Adultas.


Inclusive tenho diversas alunas dentro do TBD (Treinamento de Ballet em Detalhes), que podem ser parecidas com você, e que contam suas experiências nessa Jornada, e você pode encontrar esses depoimentos aqui mesmo no site do Ballet Online (na aba treinamentos).


Concluindo, precisamos trabalhar o nosso mindset, a maneira como pensamos em relação a nós mesmas e a nossa dança e uma das maneiras de trabalharmos isso é, fazendo um realinhamento das nossas expectativas.


Então participe da Imersão Ballet para Adulto, pois estarei falando mais profundamente e exatamente como trabalhamos isso. É um evento 100% ONLINE e GRATUITO que acontecerá de 22 a 28 de março! Para se inscrever, basta clicar neste link:


http://mari.balletonline.net/queroddorgi


8 visualizações0 comentário

Ballet OnLine ® - 2017 - Todos os direitos reservados

Receba aulas gratuitas se cadastrando no botão "Lista Vip Gratuita"

  • Canal YouTube
  • Spotify
  • Instagram
  • FanPage